fbpx

Usar o LinkedIn para conquistar novos clientes é uma prática cada vez mais comum entre empresas de diferentes setores, incluindo os escritórios de advocacia.

Isso porque, além de conectar profissionais, essa plataforma permite que pessoas encontrem empresas para os produtos e serviços que desejam ou precisam consumir.

Inclusive, o LinkedIn também trabalha com a veiculação de anúncios, o que ajuda os negócios a venderem mais. Dessa forma, por que não auxiliaria um escritório de advocacia a prospectar clientes?

Sabemos que, por legislação, algumas práticas não são permitidas a esses profissionais. No entanto, a era digital trouxe outras possibilidades que abriram as portas para o crescimento rápido de muitos advogados.

Se antes era difícil fazer um escritório recente ganhar espaço, na era digital, isso também ficou mais fácil. Até mesmo profissionais mais antigos e escritórios tradicionais podem fazer uso das opções da internet.

Isso inclui as redes sociais, que pode ser muito útil mesmo para aquele profissional que já tenha uma extensa carteira de clientes.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar sobre a importância do LinkedIn e dar algumas dicas sobre como um escritório de advocacia pode usá-lo para alcançar novos clientes. Acompanhe!

Importância do LinkedIn

O principal objetivo do LinkedIn é conectar profissionais e empresas, e eles traz muitas vantagens para quem atua em um escritório de advocacia. E dentre as principais, podemos destacar:

Realizar novos contatos profissionais

Por meio de um perfil sólido e bem construído, um escritório passa a ter contato com pessoas-chave. 

Elas são importantes porque fazem parte da estrutura de um networking, que vai além de um cartão de visita advogado.

Esses profissionais indicam os serviços de um escritório para clientes que esteja precisando, dividem experiências, ajudam a solucionar um problema, dentre outros fatores que somente um bom contato pode oferecer.

Divulgar trabalhos já feitos

Por meio dessa plataforma, os profissionais podem divulgar trabalhos já realizados. 

Por exemplo, uma empresa de aluguel de sala por hora pode mostrar fotos e vídeos de pessoas que contrataram seus serviços fazendo o uso de suas salas.

Um advogado pode expor cases de sucesso para que outros potenciais clientes avaliem seu trabalho, sem que isso interfira nas imposições feitas a esses profissionais pela OAB.

Como um escritório de advocacia pode usar o LinkedIn

Estamos falando de uma rede social que conta com uma grande base de dados, associa-se a ferramentas de inteligência comercial e outros meios para que um escritório de advocacia possa conquistar novos clientes.

No entanto, é importante saber usar a plataforma, por meio de práticas que, apesar de simples, fazem toda a diferença. E algumas delas são:

1 – Ser presente na rede social

Não basta criar um perfil e esperar que os resultados apareçam. É importante ser ativo no LinkedIn para ter mais visibilidade, fazendo dele uma referência para a sua área de atuação.

Para isso, é interessante criar debates acerca de diversos assuntos, como entrega de documentos em processos, responder dúvidas, criar debates, compartilhar experiências e mostrar o posicionamento sobre determinado tema.

Essas práticas atraem a atenção de mais pessoas para o perfil do escritório, e quanto mais pessoas prestarem atenção no que o profissional diz, mais fácil ocorre a prospecção de clientes.

2 – Criar uma página do escritório

Um erro muito comum entre quem está começando agora é acreditar que a empresa não precisa de um perfil exclusivo no LinkedIn.

Por exemplo, dois advogados recém-formados e aprovados na OAB acabaram de abrir um escritório em uma parceria, mas continuam usando seus perfis no LinkedIn separadamente.

Se existe um CNPJ, no caso do escritório deles, é preciso criar uma página exclusiva, com seu nome, sua localização, entre outras informações. Mesmo que seja algo novo e pequeno, é dessa forma que ele vai começar a crescer.

E isso é válido para qualquer empresa. Por exemplo, até mesmo um despachante para transferência de cnh vencida precisa de um perfil exclusivo, afinal, é isso que vai aumentar a visibilidade dela.

É importante usufruir ao máximo do recurso, por meio de fotos de perfil e capa, boa descrição na biografia do perfil e manter a página sempre atualizada.

3 – Usar boas palavras-chave no perfil

O sistema de busca do LinkedIn é muito semelhante ao usado no Google. Por isso, é importante pensar em uma boa palavra-chave para incluí-la logo no título profissional. Também é possível inserir essa palavra em outros pontos, como:    

  • Ocupações anteriores;
  • Ocupações atuais;
  • Habilidades;
  • Conhecimentos;
  • Resumo.

No entanto, é necessário ter bom senso, por exemplo, se uma empresa vai usar “totem informativo” como palavra-chave, precisa fazer isso de modo que o buscador tenha facilidade para encontrá-la.

O mesmo deve ser feito por um escritório de advocacia, afinal, só dessa maneira é possível garantir uma boa experiência ao usuário, por meio de uma leitura simples e fluida.

4 – Usar o perfil para divulgação

Nós sabemos que os advogados têm muitas limitações relacionadas a campanhas. 

No entanto, podem divulgar seus trabalhos de outras formas, como por meio do compartilhamento de informações, por exemplo.

Na internet isso é fácil de fazer, inclusive no LinkedIn, ao inserir fotos e informações que definam as atividades exercidas pelo escritório e que tipo de serviço ele oferece.

5 – Fazer parte de grupos

Participar de um grupo relacionado à área de atuação é uma das melhores formas de atrair novos clientes. Mas é importante participar de todas as discussões e debates que acontecem dentro da página.

Essa prática é como um cartão de visita moderno, pois ajuda a divulgar os serviços, por meio de ações como publicação de artigos, enquetes e outras práticas que chamam a atenção dos indivíduos.

O principal objetivo em fazer parte desses grupos é mostrar o conhecimento dos profissionais do escritório quanto às questões abordadas, transformando-o em referência no assunto.

É importante esclarecer todas as dúvidas, pois quanto mais o escritório fizer isso, mais confiança ele conseguirá transmitir aos membros.

Lembrando que é exatamente a credibilidade e a confiança que fazem o sucesso de diversos profissionais, como os advogados.

6 – Criar um grupo

Criar um grupo no LinkedIn é uma das melhores estratégias para atrair clientes, seja para uma empresa de aluguel de espaço comercial ou um escritório de advocacia.

Por meio dele, é possível aumentar a credibilidade do negócio e gerar mais autoridade no ramo de atuação. 

E dentre as principais possibilidades, está o fato do administrador do grupo poder mandar um e-mail semanal para todos os integrantes.

Trata-se de uma excelente maneira de compartilhar informações pertinentes, de maneira direcionada às pessoas que realmente têm interesse.

Também podem ser enviados e-mails com atualização de sites e blogs, com conteúdos que ajudam a estabelecer um bom relacionamento com esse grupo de pessoas.

O escritório também pode pré-definir uma mensagem automática de boas-vindas para novos membros e até links para a newsletter.

7 – Adicionar mídias ao perfil

O principal recurso usado pelos escritórios e profissionais de direito para alcançar novos clientes é a divulgação de conteúdo relevante. 

Inclusive, eles podem estar presentes no LinkedIn de muitas maneiras.

Por exemplo, uma gráfica de impressão digital pode disponibilizar conteúdos e qualquer tipo de material que esteja relacionado aos seus serviços. Alguns exemplos são imagens, slides, PDF, vídeos, entre outros.

Quando adicionadas ao perfil de um escritório de advocacia, essas mídias ganham destaque, o que se transforma em uma excelente oportunidade para mostrar aos outros usuários por que eles deveriam contratar os serviços, sem fazer propaganda proibida.

8 – Recomendar contatos

Recomendar os contatos é outra maneira que um escritório ou advogado tem para alcançar novos clientes. No entanto, muitos usuários do LinkedIn desconhecem essa função.

Se um escritório receber muitas indicações, isso significa que ele domina o que faz. 

Portanto, quanto mais recomendações receber, melhor posicionado estará nos buscadores internos da plataforma.

9 – Interagir por meio de mensagens

É perfeitamente possível entrar em contato com os usuários por meio de mensagens. 

Além de enviar mensagens, o LinkedIn faz uso de ferramentas de busca para que o escritório encontre seu cliente ideal.

Só que é importante lembrar que um escritório de advocacia não pode enviar mensagens para pessoas que não solicitaram esse contato, pois está fora das determinações impostas pela OAB.

No entanto, pode usar esse recurso para se comunicar com pessoas que estejam dentro do grupo de interesse ou que já são clientes.

Conclusão

O LinkedIn é mais uma opção inteligente na internet para que os advogados possam trabalhar e impactar novos clientes.

Também possibilita estabelecer contato com outros profissionais que trarão muitos benefícios aos escritórios. Portanto, ter um perfil no LinkedIn se tornou uma estratégia básica para o sucesso dos negócios.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quer ser notificado se seu prazo for alterado?

Claudia, a assistente virtual da Legalcloud

Conheça a CLÁUDIA, a assistente inteligente da Legalcloud, que verifica diariamente seus prazos e avisa caso seja publicada uma nova suspensão.

SABER MAIS

Share via