Receba atualizações jurídicas direto no seu e-mail!

  Receba atualizações jurídicas direto no seu e-mail!

“Valores a Receber” é o novo site do Banco Central para que você possa consultar se há algum dinheiro esquecido em bancos, consórcios ou outras instituições financeiras.

Para verificar eventuais valores disponíveis e solicitar a transferência, é preciso que o usuário possua Selo de Confiabilidade nível Prata ou Ouro na conta Gov.br.

Vale lembrar que toda conta criada no Gov.br é, inicialmente, nível Bronze.

Pensando nisso, a Legalcloud preparou um Passo a Passo para que você consiga obter o selo Prata ou Ouro na conta Gov.br.

Quer poder simular prazos processuais mais antigos, simular prazos em mais de 350 comarcas e ter acesso aos provimentos dos Tribunais? Experimente o Plano Premium da Legalcloud!

Inscreva-se para receber atualizações jurídicas direto no seu e-mail!

Por que é necessário um Selo Prata ou Ouro na Conta Gov.br?

Caso haja algum valor a receber, você receberá uma data de acesso para verificar o valor disponível e as informações necessárias para solicitar a transferência do dinheiro.

No dia designado, será necessário fazer login no site do Sistema Valores a Receber com a sua Conta Gov.br.

Aqui você encontra um passo a passo para saber se há dinheiro esquecido em algum banco.

Por envolver a transferência de valores, é preciso obter um Selo de Confiabilidade nível Prata ou nível Ouro na sua Conta Gov.br.

Toda conta criada no Gov.br é, inicialmente, nível Bronze, o mais baixo. Por isso, é necessário aumentar o nível de confiabilidade para acessar o Sistema Valores a Receber.

selos de confiabilidade

Passo 1: Crie sua conta Gov.br

Você pode criar sua conta Gov.br de várias formas. Nesse tutorial, você verá os passos para o cadastro a partir do seu CPF e CNPJ.

Criar conta Gov.br a partir do CPF

Para criar sua conta no Gov.br, você deverá seguir os seguintes passos:

  1. Acesse o site Gov.br
  2. Digite seu CPF no campo indicado e clique em “continuar”:
Identificação no site govbr
  1. Aceite os Termos de Uso e Política de Privacidade, comprove que você não é um robô e clique em “continuar”
  1. Faça a confirmação cadastral a partir dos seus dados pessoais (como o dia e o ano do seu nascimento)
  2. Confirme as informações de CPF e nome
  3. Escolha a forma de ativação da sua conta
  4. Digite o código de acesso enviado
  5. Cadastre sua senha 

Pronto! Após esses passos, sua conta Gov.br estará criada e estará no nível Bronze, o nível mais básico de confiabilidade.

Caso já tenha uma conta Gov.br, basta inserir sua senha, clicar em “entrar” e avançar para o próximo passo.

Digite sua senha no govbr

Criar conta Gov.br a partir do CNPJ

Para criar sua conta no Gov.br, você deverá seguir os seguintes passos:

  1. Entre no site Gov.br
imagem pedindo número de cpf para acessar govbr
  1. Selecione a identificação por certificado digital ou por certificado digital em nuvem
  2. Siga os procedimentos específicos do tipo de Certificado Digital selecionado para digitar senha
  3. No menu inicial, selecione “Vincular Empresas via e-CNPJ” e selecione “Gerenciar vínculos com empresas”
Como gerenciar vínculos com empresas

5. Selecione “Vincular empresa do e-CNPJ”

Imagem demonstrando como vincular empresa no e- cnpj

6. Confira as informações presentes no Certificado Digital de Pessoa Jurídica e clique em “vincular”

Vincular Certificado Digital de Pessoa Jurídica

Pronto, agora você já possui um cadastro de CNPJ vinculado ao Gov.br!

Passo 2: Acesse a área de confiabilidade da sua conta Gov.br

Para acessar a área de confiabilidade da sua conta Gov.br, você precisará seguir esses passos:

  1. Entre na página inicial da sua conta Gov.br
  2. Selecione “Privacidade”
Botão de privacidade no govbr

3. Na área de privacidade, encontre “Selos de confiabilidade”

4. Selecione “Gerenciar lista de selos de confiabilidade”.

Como gerenciar lista de selos de confiabilidade

Passo 3: Aumente o nível de confiabilidade da sua conta Gov.br para nível Prata

Para aumentar o nível de confiabilidade da sua conta de nível Bronze para nível Prata, basta seguir esses passos:

  1. Na área de “Selos de Confiabilidade”, encontre a seção “Conta Verificada (Prata)”
  2. Selecione a opção desejada de validação e autenticação
  3. Prossiga com a validação

A validação para obter o nível Prata na Conta Gov.br pode ser realizada de três formas: via biometria facial, via internet banking e via SIGEPE.

Cadastro via biometria facial

A validação e autenticação do cadastro ocorre via reconhecimento facial do DENATRAN, pela conferência da foto nas bases da Carteira de Habilitação (CNH).

Nesse caso, será necessário baixar o aplicativo do Gov.br no seu celular para capturar o QR Code gerado.

Cadastro via internet banking

A validação ocorre por meio dos dados de Internet Banking de um dos bancos credenciados (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica, Banco de Brasília, Sicoob e Santander).

Vale lembrar que o Gov.br não terá acesso aos seus dados bancários, apenas solicitará a autorização do acesso para fazer a autenticação.

Como fazer o cadastro via internet banking

Cadastro via SIGEPE

A validação e autenticação é feita pela base de dados de servidores públicos da União, a partir do cadastro via usuário e senha do Sigepe.

Passo 4: Aumente o nível de confiabilidade da sua conta Gov.br para nível Ouro

Para aumentar o nível de confiabilidade da sua conta de nível para nível Ouro, basta seguir esses passos:

  1. Na área de “Selos de Confiabilidade”, encontre a seção “Conta Comprovada (Ouro)”
  2. Selecione a opção desejada de validação e autenticação
  3. Prossiga com a validação

A validação para obter o nível Ouro na Conta Gov.br pode ser realizada de duas formas: via biometria facial e através de certificado digital.

Cadastro via biometria facial

A validação do cadastro ocorre via biometria facial através de balcão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Nesse caso, será necessário baixar o aplicativo do Gov.br no seu celular para capturar o QR Code gerado.

Cadastro via certificado digital

A validação e autenticação do cadastro ocorre via Certificado Digital compatível com as especificações da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-BRASIL).

Para ter um Certificado Digital compatível, é preciso

  1. Escolher uma das Autoridades Certificadoras – (ACs) da ICP-Brasil [clique aqui para ver a lista]
  2. Solicitar no site da AC escolhida a emissão do certificado digital de pessoa física ou jurídica
  3. Agendar o dia e horário de validação com a Autoridade de Registro (AR), presencialmente ou por videoconferência

Vale lembrar que a própria Autoridade Certificadora informará sobre os custos do certificado, as formas de pagamento, os equipamentos necessários e a documentação obrigatória para emissão do certificado digital.

Perdi a data para verificar e solicitar os valores a receber. O que fazer?

Não se preocupe caso você perca a data ou o período de resgate

Se você perder a informação sobre a data ou o período indicada pelo Sistema (Passo 2) para verificar e solicitar os valores a receber, basta retornar ao site do Sistema Valores a Receber (clique aqui para acessar).

É só consultar novamente para receber a mesma informação.

Acesse aqui para conferir o que é e como funciona o SVR.

Conforme o site dispõe, os valores são seus e continuarão guardados pelas instituições financeiras o tempo que for necessário, esperando até que você solicite a devolução.

Fique atento aos possíveis golpes relacionados ao SVR. Confira aqui como evitar cair em golpes.

Sábado de repescagem

Se não comparecer na data e período indicados pelo Sistema Valores a Receber, você terá que voltar no sábado da repescagem.

A repescagem vai funcionar durante todo o dia, das 4h às 24h.

Veja a data de repescagem do Valores a Receber (SVR):

Data de nascimento (CPF) ou de criação (CNPJ)Data de repescagem do SVR
Antes de 196812/03
Entre 1968 e 198319/03
Após 198326/03

Caso você também perca seu sábado de repescagem, poderá consultar ou solicitar o resgate do saldo existente a partir de 28/03/2022.

Precisando de mais tranquilidade com prazos processuais e atualizações jurídicas?

Ficar de olho nas mudanças em prazos nos Tribunais e nas principais atualizações jurisprudenciais e legislativas não é uma tarefa fácil.

No caso dos prazos processuais, em meio a tantas suspensões de prazos, feriados e indisponibilidades, a contagem de prazos pode ser muito complicada – um verdadeiro desafio!

Em relação às atualizações jurídicas, por sua vez, é muito difícil ter acesso a informações selecionadas e que possam ser consumidas de forma rápida sobre as mudanças na jurisprudência e na legislação.

Porém, com a Legalcloud, você pode ter muito mais tranquilidade com seus prazos processuais e com a sua atualização jurídica.

Com a Legalcloud, você tem acesso a uma Calculadora de Prazos Processuais, atualizada diariamente conforme as mudanças nos Tribunais, e acesso a um Informe Jurídico rápido e completo com as informações que você precisa, selecionadas para você.

Quer conhecer a Legalcloud? Faça login em seu navegador Web ou baixe o app Legalcloud (Android ou IOS).

Além disso, com o Plano Premium da Legalcloud, você pode, por exemplo:

  • Simular prazos mais antigos e, ou, longos
  • Ter acesso aos provimentos e atos dos Tribunais direto da ferramenta
  • Simular prazos processuais em + de 350 comarcas
Share via